Posts Marcados clarice

Fundação Matutu recebe monitoramento de projeto do FUNBIO

No dia 29 de julho, a Fundação Matutu recebeu a visita de Daniela Leite, Gestora de Programas do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO. Está visita cumpre a etapa de monitoramento do Projeto “Bases Comunitárias Para Prevenção e Combate a Incêndios Florestais – Contribuindo com a conservação do Parque Estadual da Serra do Papagaio”. Vale lembrar que este projeto teve início em janeiro de 2012, sendo fruto de uma parceria com o Instituto Estadual de Florestas-IEF, o Previncêndio e de representantes associações comunitárias da região com financiamento do FUNBIO/TFCA. Daniela, acompanhada pela Coordenadora do Projeto e Gerente do PESP, Clarice Lantelme, permaneceu várias horas na reserva Matutu, conheceu a “Base do Matutu” e o escritório da Fundação, onde acompanhou a apresentação dos resultados obtidos no Projeto até o momento.

O monitoramento é uma espécie de reconhecimento detalhado das ações realizadas. Neste caso, Daniela foi apresentada ao Presidente da Fundação, Guilherme de Melo França e à sua Diretora Executiva Dorotéa Naddeo, com os quais obteve informações sobre a atuação da Fundação. Conversou com Aton Wilches, Coordenador da Brigada, da Base e Vice-presidente da Fundação Matutu, com Margaret Aguiar, Gestora de Compras do projeto e com Átila Naddeo que esclareceu sobre as ações de comunicação e divulgação. Sempre acompanhada pela Clarice, a vinda de Daniela foi além de um ato de monitoramento e se transformou em uma agradável visita de reconhecimento e consolidação da parceria, proporcionando uma conversa objetiva e clara sobre ações no âmbito do Projeto.

Entre outros assuntos, a Fundação Matutu, representada por seu presidente, expressou o desejo em doar os EPIs, as motocicletas e os computadores, adquiridos pelo Projeto, para as Bases. A resposta foi favorável, e agora, vamos buscar os amparos legais e os critérios para efetivarmos o repasse. Hoje todo este material já está sob a guarda das Bases, dos brigadistas que assinaram termos de compromisso e custódia. A Fundação ressalta que foi apenas uma conversa, mas, que irá, em breve iniciar pesquisas e entendimentos para definir, legalmente essa possibilidade.

A representante do FUNBIO e Clarice deixaram a reserva já era noite. No dia seguinte visitaram a Base dos Garcia, em Aiuruoca e o escritório administrativo do PESP, em Baependi. Daniela Leite ficou satisfeita com os resultados apresentados e, demonstrou que gostaria de ter conhecido as outras Bases e só não fez isso devido ao pouco tempo para cumprir sua tarefa que continuaria em outras localidades.

Ao final, a avaliação foi positiva e toda a equipe se sentiu revigorada para levar adiante o Projeto. De acordo com Lantelme, que esteve acompanhando toda a visita, Daniela, nos deu a nota de 9,9, tanto pela condução do projeto quanto pela prestação de contas/atividades. É como receber um “Excelente” pelo trabalho, pela parceria com o PESP, com o IEF e com cada um dos brigadistas, os parceiros mais incansáveis, que acreditam que podem fazer da nossa região um espaço, cada vez melhor, mais seguro e mais rico para se viver.

FUNBIO faz visita à Fundação Matutu. No escritório da Fundação, da esquerda para a direita: Clarice Lantelme, Gerente do PESP e Coordenadora do Projeto, Margaret Sabino, Ordenadora de Despesas, Guilherme de Melo França e Aton Wilches, Presidente e Vice-Presidente da Fundação Matutu, Daniela Leite, Gestora de Prgramas do FUNBIO e Maria Dorotéa de Aguiar, Diretora Executiva da Fundação Matutu

Entre as atividades do dia de visita, Daniela Leite, do FUNBIO, participou de uma breve apresentação das ações de comunicação do Projeto. Átila Naddeo, Assessor de Comunicação da Fundação Matutu e responsável pela assessoria de comunicação do Projeto apresentou o trabalho executado até o momento. Clarice Lantelme, Coordenadora do Projeto e Gerente do PESP, participou da apresentação. (foto de Aton Wilches)

Para ver todas as fotos relacionadas a esta notícia e ao projeto, clique nos links abaixo:

Anúncios

, , , ,

Deixe um comentário

Reunião da Câmara Técnica de Meio Ambiente do CER-Serra do Papagaio

A segunda reunião da Câmara Técnica de Meio Ambiente do CER-Serra do Papagaio – CTMA-CER, no dia 31 de agosto, contou com a presença do Assessor Especial e Coordenador de Geoprocessamento e Inteligência Espacial da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais / SEMAD, Manno França.

O ponto focal das discussões foi a formatação de processos para levantamento de dados para a quantificação e definição da situação atual das condições ambientais da região compreendida pelo Consórcio.  Levantamentos que deverão ser feitos a partir de bases cartográficas, utilizando-se ferramentas de geoprocessamento para inclusão de dados em camadas que formarão a plataforma de dados do CER-Serra do Papagaio. “A implantação de uma base de dados da Serra do Papagaio será de fundamental importância para subsidiar o planejamento e a tomada de decisões e fortalecer o processo de gestão compartilhada do Consórcio, além de possibilitar uma visão integrada e objetiva das diferentes variáveis ambientais da região”, destacou Manno França.

A primeira reunião da Câmara Técnica de Meio Ambiente do CER-Serra do Papagaio ocorreu no último dia 15 de agosto. Na foto, da esquerda para a direita: Maria Dorotéa Naddeo, diretora executiva da Fundação Matutu, Manno França, assessor especial da SEMAD, Catarina Romanelli, da prefeitura de Itamonte, Guilherme de Melo França, presidente da Fundação Matutu, Clarice Lantelme, gerente do PESP e, de costas, Javan Senador, da prefeitura de Aiuruoca e Ricardo Toledo, agente administrativo do CER-Serra do Papagaio.

Outro ponto importante é a necessidade de se envolver parceiros, tais como a EMATER, que já tem levantamento de dados e condição de fornecer, principalmente, informações sobre as comunidades rurais. O Ministério público e os Comitês de Bacias, entre outros serão convidados a participarem desse processo.

A CTA-CER tem como objetivo integrar a política ambiental dos municípios consorciados e estabelecer critérios e indicadores para a avaliação anual da situação ambiental da Serra do Papagaio.  As propostas e projetos elaborados pela CTA, pelos Grupos de Trabalho(GTs) e pelo Conselho Regional de Desenvolvimento Econômico e Social – CRD-CER serão avaliados pelo Conselho Participativo. De acordo com Maria Dorotéa de Aguiar, Diretora Executiva da Fundação Matutu, “…as várias instâncias do CER-Serra do Papagaio trabalharão de forma multidisciplinar e integrada, é assim que se constrói  o desenvolvimento regional”.

Maria Dorotéa Naddeo, diretora executiva da Fundação Matutu atuou como facilitadora na reunião que, entre outras atividades, avaliou a Plataforma Ambiental da SOS Mata Atlântica e definiu os primeiros passos para sua atuação.
A principal atuação desta CT é publicação, no próximo ano de um relatório sobre a situação ambiental da região da Serra do Papagaio. Os dados devem começar a ser levantados desde já nos cinco municíp ios. Serão levantados os dados secundários e sitematizados em uma plataforma que será criada no site-portal do CER-Serra do Papgaio.

Dados palpáveis e consistentes são necessários  para a definição  de propostas e execução  de projetos. O planejamento de políticas públicas só poderá ser feito a partir de um diagnóstico da situação atual e o desafio desta câmara técnica é chegar nas informações e respostas que propiciarão o dimensionamento das soluções e das tecnologias a serem utilizadas.  Itamonte já está trabalhando para montar o SIG – Sistema de Informação Georreferenciadas, voltado para reconhecimento da área municipal e preservação ambiental.

Carlos Pedemonte, que acompanhou a reunião a convite da Fundação Matutu, definiu: “Fico muito feliz de ver materializando-se, digamos institucionalizando-se, os princípios do associativismo, da cooperação e da busca de um modelo mais de acordo com as necessidades de uma vida vo ltada para o bem estar, valorizando a responsabilidade social e ambiental”.

A próxima reunião da CTMA ficou marcada para o dia 16 de outubro.

, , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: