Arquivo de janeiro \30\UTC 2012

Encontro para treinamento dos técnicos das prefeituras do CER-Serra do Papagaio.

Encontro para treinamento de Técnicos do CER

Participantes do Treinamento de técnicos das prefeituras do CER-Serra do Papagaio. Da esquerda para a direita: Leandro Henrique Leite, de Itamonte, Javan Senador, secretário de Turismo e Desenvolvimento de Aiuruoca, Wilson Maciel Braga, também de Aiuruoca, Andressa Santos Chaves de Itamonte, Adriano Felipe Vieira da Prefeitura de Alagoa, Maria Dorotéa, Diretora Executiva da Fundação Matutu, Clarice Lantelme, Gerente do Pesp, Admilson Moreira de Oliveira, da Prefeitura de Alagoa, Rander Ricieri e Wagner José Fortunato de baependi.

Técnicos das prefeituras de Aiuruoca, Alagoa, Baependi e Itamonte, estiveram reunidos durante todo do dia 27 de janeiro, em Baependi, para se atualizarem quanto ao uso do Google Earth e o georreferenciamento. O treinamento, voltado, principalmente, para as ações de adequação do redesenho do Parque Estadual da Serra do Papagaio, foi uma iniciativa do IEF/SEMAD e foi ministrado pelo Assessor Especial da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, sr. Manno França.
O CER-Serra do Papagaio, como parte de suas atribuições, apoiou a iniciativa e fez o papel de mobilizador. Os técnicos que se apresentaram passam a fazer parte do núcleo técnico de apoio ao Consórcio, ampliando as possibilidades de ação do mesmo e reforçando o compromisso das prefeituras com o desenvolvimento local.
O principal objetivo do treinamento é ampliar a informação sobre a nova política de integração dos parques e comunidades do Estado, adotada pelo IEF. A proposta de redesenho do PESP, por exemplo, procura tirar do Parque as áreas produtivas, de moradia e de interesse das comunidades e realoca áreas de florestas e mananciais, áreas improdutivas e/ou de difícil acesso. Com isso o IEF procura atender aos anseios das comunidades vizinhas aos parques de todo o Estado.
De acordo com Manno França, são doze Unidades de Conservação-UC’s, em todo o Estado que passam por redesenho e reavaliação de traçado nesse ano. “Atualmente, temos à disposição ferramentas como o Google Earth, que chega a ter uma precisão de 1 a 4 metros, não há razão para não fazermos uma readequação de traçado que leve em conta detalhes como moradias, áreas de pastagens e outros usos, facilmente identificáveis. Antes, os técnicos do IEF/IBEGE e outros órgãos, trabalhavam sem o contato visual com as regiões, portanto, estavam mais propensos a cometerem erros que não favoreciam os parques e nem as comunidades”, completou.

Trenamento IEF-CER

Manno França, Assessor Especial da SEMAD e instrutor no treinamento

Treinamento de técnicos - IEF/CER

Aspecto geral do treinamento, com Manno França à direita e Maria Dorotéa ao centro.

Dando continuidade a este trabalho, em nossa região, serão feitos encontros com os proprietários de terras que se encontram nas áreas limítrofes do PESP e que ainda não tiveram sua situação resolvida com o IEF/SEMAD. Nestes encontros poderão conhecer a nova proposta de limites e discutí-la. Serão feitos 5 encontros, o primeiro em Itamonte, e na sequência, Baependi, Alagoa, Pouso Alto e Aiuruoca (veja o quadro para conferir as datas e mais informações). A importância dos técnicos capacitados neste primeiro momento vai além do apoio aos encontros, da mobilização e esclarecimento dos proprietários que têm terras nos limites do PESP. Maria Dorotéa, diretora Executiva da Fundação Matutu  propõe que estes técnicos, unidos aos já indicados pelas prefeituras consorciadas, venham a compor o núcleo de apoio do CER-Serra do Papagaio. O  trabalho não vai parar com o redesenho ou a regularização fundiária  do PESP, será cada vez mais abrangente dentro do Consórcio e o papel dos técnicos será o de continuar contribuindo com seus municípios, porém com uma visão mais ampla e estratégica no nível do Consórcio.  O CER-Serra do Papagaio terá também um portal na internet que, disponibilizará informações à população, inclusive dados georreferenciados sobre os municípios e o PESP.
Os técnicos manifestaram sua satisfação com o projeto e com o treinamento. “Agora é colocar a mão na massa e promover os encontros, afinal, a região da Serra do Papagaio será atendida em primeiro lugar entre as doze que vão passar por esse processo em 2012”, Diz Manno França.


QUEM DEVE PARTICIPAR DESTAS REUNIÕES:

– Proprietários de terras limítrofes ao PESP que apresentem:

  •     Casas e benfeitorias;
  •     Pasto formado e terras de plantio;
  •     Empreendimentos e atividades econômicas.

AGENDA DE REUNIÕES

Confira o dia do encontro em seu município e busque maiores informações junto à prefeitura:
ITAMONTE = 31 de Janeiro de 2012, na Câmara Municipal às 13:00 h.
BAEPENDI  = 10 de fevereiro de 2012, local e hora a confirmar;
ALAGOA     = 13 de fevereiro de 2012, local e hora a confirmar;
POUSO ALTO = 23 de fevereiro de 2012, local e hora a confirmar;
AIURUOCA = 24 de fevereiro de 2012, local e hora a confirmar


PARA VISUALIZAR MAIS FOTOS DO EVENTO, CLIQUE AQUI

Anúncios

Deixe um comentário

Biblioteca virtual – Domínio Público

 

“Uma biblioteca digital é onde o passado encontra o presente e cria o futuro.”
Dr. Avul Pakir Jainulabdeen Abdul Kalam
Presidente da Índia – 09/set/2003

 

O “Portal Domínio Público”, lançado em novembro de 2004 … Nele você pode ver as grandes pinturas de Leonardo da Vinci, escutar músicas em mp3 (alta qualidade). Ler obras de autores renomados e imprecindíveis, ter acesso às melhores histórias infantis e vídeos da TV Escola, tudo grátis, disponibilizado pelo MEC, em www.dominiopublico.gov.br

Só de literatura portuguesa são 732 obras

Abaixo, 300 obras: basta clicar e fazer o download.

É só clicar no título para  ler ou imprimir.1. A Divina Comédia -Dante Alighieri 2. A Comédia dos Erros -William Shakespeare 3. Poemas de Fernando Pessoa -Fernando Pessoa 4. Dom Casmurro -Machado de Assis 5. Cancioneiro -Fernando Pessoa 6. Romeu e Julieta -William Shakespeare 7. A Cartomante -Machado de Assis 8. Mensagem -Fernando Pessoa 9. A Carteira -Machado de Assis 10. A Megera Domada -William Shakespeare 11. A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare 12. Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare 13. O Eu profundo e os outros Eus. -Fernando Pessoa 14. Dom Casmurro -Machado de Assis 15.. Do Livro do Desassossego -Fernando Pessoa 16. Poesias Inéditas -Fernando Pessoa 17. Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare 18. A Carta -Pero Vaz de Caminha 19. A Igreja do Diabo -Machado de Assis 20. Macbeth -William Shakespeare 21. Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago 22. A Tempestade -William Shakespeare 23. O pastor amoroso -Fernando Pessoa 24. A Cidade e as Serras -José Maria Eça de Queirós 25. Livro do Desassossego -Fernando Pessoa 26. A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha 27. O Guardador de Rebanhos -Fernando Pessoa 28. O Mercador de Veneza -William Shakespeare 29. A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde 30. Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare 31. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 32. A Mão e a Luva -Machado de Assis 33. Arte Poética -Aristóteles 34. Conto de Inverno -William Shakespeare 35. Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare 36. Antônio e Cleópatra -William Shakespeare 37. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões 38. A Metamorfose -Franz Kafka 39. A Cartomante -Machado de Assis 40. Rei Lear -William Shakespeare 41. A Causa Secreta -Machado de Assis 42. Poemas Traduzidos -Fernando Pessoa 43. Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare 44. Júlio César -William Shakespeare 45. Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente 46. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 47. Cancioneiro -Fernando Pessoa 48. Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional 49. A Ela -Machado de Assis 50. O Banqueiro Anarquista -Fernando Pessoa 51. Dom Casmurro -Machado de Assis 52. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho 53. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 54. Adão e Eva -Machado de Assis 55. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo 56. A Chinela Turca -Machado de Assis 57. As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare 58. Poemas Selecionados -Florbela Espanca 59. As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo 60. Iracema -José de Alencar 61. A Mão e a Luva -Machado de Assis 62. Ricardo III -William Shakespeare 63. O Alienista -Machado de Assis 64. Poemas Inconjuntos -Fernando Pessoa 65. A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne 66. A Carteira -Machado de Assis 67. Primeiro Fausto -Fernando Pessoa 68. Senhora -José de Alencar 69. A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães 70. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 71. A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca 72. Sonetos -Luís Vaz de Camões 73. Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos 74. Fausto -Johann Wolfgang von Goethe 75. Iracema -José de Alencar 76. Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa 77. Os Maias -José Maria Eça de Queirós 78. O Guarani -José de Alencar 79. A Mulher de Preto -Machado de Assis 80. A Desobediência Civil -Henry David Thoreau 81. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio 82. A Pianista -Machado de Assis 83. Poemas em Inglês -Fernando Pessoa 84. A Igreja do Diabo -Machado de Assis 85. A Herança -Machado de Assis 86. A chave -Machado de Assis 87. Eu -Augusto dos Anjos 88. As Primaveras -Casimiro de Abreu 89. A Desejada das Gentes -Machado de Assis 90. Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa 91. Quincas Borba -Machado de Assis 92. A Segunda Vida -Machado de Assis 93. Os Sertões -Euclides da Cunha 94. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 95. O Alienista -Machado de Assis 96. Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra 97. Medida Por Medida -William Shakespeare 98. Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare 99. A Alma do Lázaro -José de Alencar 100. A Vida Eterna -Machado de Assis 101. A Causa Secreta -Machado de Assis 102. 14 de Julho na Roça -Raul Pompéia 103. Divina Comedia -Dante Alighieri 104. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós 105. Coriolano -William Shakespeare 106. Astúcias de Marido -Machado de Assis 107. Senhora -José de Alencar 108. Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente 109. Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo 110. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 111. A ‘Não-me-toques’ ! -Artur Azevedo 112. Os Maias -José Maria Eça de Queirós 113. Obras Seletas -Rui Barbosa 114. A Mão e a Luva -Machado de Assis 115. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 116. Aurora sem Dia -Machado de Assis 117. Édipo-Rei -Sófocles 118. O Abolicionismo -Joaquim Nabuco 119. Pai Contra Mãe -Machado de Assis 120. O Cortiço -Aluísio de Azevedo 121. Tito Andrônico -William Shakespeare 122. Adão e Eva -Machado de Assis 123. Os Sertões -Euclides da Cunha 124. Esaú e Jacó -Machado de Assis 125. Don Quixote -Miguel de Cervantes 126. Camões -Joaquim Nabuco 127. Antes que Cases -Machado de Assis 128. A melhor das noivas -Machado de Assis 129. Livro de Mágoas -Florbela Espanca 130. O Cortiço -Aluísio de Azevedo 131. A Relíquia -José Maria Eça de Queirós 132. Helena -Machado de Assis 133. Contos -José Maria Eça de Queirós 134. A Sereníssima República -Machado de Assis 135. Iliada -Homero 136. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 137. A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco 138. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões 139. Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage 140. Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. -Fernando Pessoa 141. Anedota Pecuniária -Machado de Assis 142. A Carne -Júlio Ribeiro 143. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós 144. Don Quijote -Miguel de Cervantes
145. A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne 146. A Semana -Machado de Assis 147. A viúva Sobral -Machado de Assis 148. A Princesa de Babilônia -Voltaire 149. O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves 150. Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional 151. Papéis Avulsos -Machado de Assis 152. Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos 153. Cartas D’Amor -José Maria Eça de Queirós 154. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós 155. Anedota do Cabriolet -Machado de Assis 156. Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias 157. A Desejada das Gentes -Machado de Assis 158. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho 159. Don Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra 160. Almas Agradecidas -Machado de Assis
161. Cartas D’Amor – O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós 162. Contos Fluminenses -Machado de Assis 163. Odisséia -Homero 164. Quincas Borba -Machado de Assis 165. A Mulher de Preto -Machado de Assis 166. Balas de Estalo -Machado de Assis 167. A Senhora do Galvão -Machado de Assis 168. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós 169. A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis 170. Capítulos de História Colonial (1500-1800) -João Capistrano de Abreu 171. CHARNECA EM FLOR -Florbela Espanca 172. Cinco Minutos -José de Alencar 173. Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida 174. Lucíola -José de Alencar 175. A Parasita Azul -Machado de Assis 176. A Viuvinha -José de Alencar 177. Utopia -Thomas Morus 178. Missa do Galo -Machado de Assis 179. Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves 180. História da Literatura Brasileira: Fatores da Literatura Brasileira -Sílvio Romero 181. Hamlet -William Shakespeare 182. A Ama-Seca -Artur Azevedo 183. O Espelho -Machado de Assis 184. Helena -Machado de Assis 185. As Academias de Sião -Machado de Assis 186. A Carne -Júlio Ribeiro 187. A Ilustre Casa de Ramires -José Maria Eça de Queirós 188. Como e Por Que Sou Romancista -José de Alencar 189. Antes da Missa -Machado de Assis 190. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio 191. A Carta -Pero Vaz de Caminha 192. LIVRO DE SÓROR SAUDADE -Florbela Espanca 193. A mulher Pálida -Machado de Assis 194. Americanas -Machado de Assis 195. Cândido -Voltaire 196. Viagens de Gulliver -Jonathan Swift 197. El Arte de la Guerra -Sun Tzu 198. Conto de Escola -Machado de Assis 199. Redondilhas -Luís Vaz de Camões 200. Iluminuras -Arthur Rimbaud 201. Schopenhauer -Thomas Mann 202. Carolina -Casimiro de Abreu 203. A esfinge sem segredo -Oscar Wilde 204. Carta de Pero Vaz de Caminha. -Pero Vaz de Caminha 205. Memorial de Aires -Machado de Assis 206. Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto 207. A última receita -Machado de Assis 208. 7 Canções -Salomão Rovedo 209. Antologia -Antero de Quental 210. O Alienista -Machado de Assis 211. Outras Poesias -Augusto dos Anjos 212. Alma Inquieta -Olavo Bilac 213. A Dança dos Ossos -Bernardo Guimarães 214. A Semana -Machado de Assis 215. Diário Íntimo -Afonso Henriques de Lima Barreto 216. A Casadinha de Fresco -Artur Azevedo 217. Esaú e Jacó -Machado de Assis 218. Canções e Elegias -Luís Vaz de Camões 219. História da Literatura Brasileira -José Veríssimo Dias de Matos 220. A mágoa do Infeliz Cosme -Machado de Assis 221. Seleção de Obras Poéticas -Gregório de Matos 222. Contos de Lima Barreto -Afonso Henriques de Lima Barreto 223. Farsa de Inês Pereira -Gil Vicente 224. A Condessa Vésper -Aluísio de Azevedo 225. Confissões de uma Viúva -Machado de Assis 226. As Bodas de Luís Duarte -Machado de Assis 227. O LIVRO D’ELE -Florbela Espanca 228. O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves 229. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo 230. Lira dos Vinte Anos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo 231. A Orgia dos Duendes -Bernardo Guimarães 232. Kamasutra -Mallanâga Vâtsyâyana 233. Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto 234. A Bela Madame Vargas -João do Rio 235. Uma Estação no Inferno -Arthur Rimbaud 236. Cinco Mulheres -Machado de Assis 237. A Confissão de Lúcio -Mário de Sá-Carneiro 238. O Cortiço -Aluísio Azevedo 239. RELIQUIAE -Florbela Espanca 240. Minha formação -Joaquim Nabuco 241. A Conselho do Marido -Artur Azevedo 242. Auto da Alma -Gil Vicente 243. 345 -Artur Azevedo 244. O Dicionário -Machado de Assis
245. Contos Gauchescos -João Simões Lopes Neto 246.. A idéia do Ezequiel Maia -Machado de Assis 247. AMOR COM AMOR SE PAGA -França Júnior 248. Cinco minutos -José de Alencar 249. Lucíola -José de Alencar 250. Aos Vinte Anos -Aluísio de Azevedo 251. A Poesia Interminável -João da Cruz e Sousa 252. A Alegria da Revolução -Ken Knab 253. O Ateneu -Raul Pompéia 254. O Homem que Sabia Javanês e Outros Contos -Afonso Henriques de Lima Barreto 255. Ayres e Vergueiro -Machado de Assis 256. A Campanha Abolicionista -José Carlos do Patrocínio 257. Noite de Almirante -Machado de Assis 258. O Sertanejo -José de Alencar 259. A Conquista -Coelho Neto 260. Casa Velha -Machado de Assis 261. O Enfermeiro -Machado de Assis 262. O Livro de Cesário Verde -José Joaquim Cesário Verde 263. Casa de Pensão -Aluísio de Azevedo 264. A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo 265. Poemas -Safo 266. A Viuvinha -José de Alencar 267. Coisas que Só Eu Sei -Camilo Castelo Branco 268. Contos para Velhos -Olavo Bilac 269. Ulysses -James Joyce 270. 13 Oktobro 1582 -Luiz Ferreira Portella Filho 271. Cícero -Plutarco 272. Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves 273. Confissões de uma Viúva Moça -Machado de Assis 274. As Religiões no Rio -João do Rio 275. Várias Histórias -Machado de Assis 276. A Arrábida -Vania Ribas Ulbricht 277. Bons Dias -Machado de Assis 278. O Elixir da Longa Vida -Honoré de Balzac 279. A Capital Federal -Artur Azevedo 280. A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães 281. As Forças Caudinas -Machado de Assis 282. Coração, Cabeça e Estômago -Camilo Castelo Branco 283. Balas de Estalo -Machado de Assis 284. AS VIAGENS -Olavo Bilac 285. Antigonas -Sofócles 286. A Dívida -Artur Azevedo 287. Sermão da Sexagésima -Pe. Antônio Vieira 288. Uns Braços -Machado de Assis 289. Ubirajara -José de Alencar 290. Poética -Aristóteles 291. Bom Crioulo -Adolfo Ferreira Caminha 292. A Cruz Mutilada -Vania Ribas Ulbricht 293. Antes da Rocha Tapéia -Machado de Assis 294. Poemas Irônicos, Venenosos e Sarcásticos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo 295. Histórias da Meia-Noite -Machado de Assis 296. Via-Láctea -Olavo Bilac 297. O Mulato -Aluísio de Azevedo 298. O Primo Basílio – José Maria Eça de Queirós 299. Os Escravos -Antônio Frederico de Castro Alves 300. A Pata da Gazela -José de Alencar 301. BRÁS, BEXIGA E BARRA FUNDA -Alcântara Machado 302. Vozes d’África -Antônio Frederico de Castro Alves 303.. Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida 304. O que é o Casamento? -José de Alencar 305. A Harpa do Crente -Vania Ribas Ulbricht

Boa Leitura.
Valeu a dica do Eng. Agrônomo José Luiz – Emater de Lagoa Dourada

 

Deixe um comentário

Mapa apresenta lista das espécies ameaçadas registradas dentro de UC

O que é bom deve ser divulgado.

Se é bom, bonito e comprometido com o bem-estar, o desenvolvimento
e com a sustentabilidade, então, além de divulgar, temos que apoiar.

Esse trabalho do ICMBio é assim. Em uma palavra, excelente. Vale à
pena conferir, o esmerado acabamento e a quantidade de informações que,
infelizmente para nós, indicam MG como o terceiro Estado com maior quantidade de
espécies em extinção catalogadas (2010) em UC´s Federais,
só perdemos para Bahia e Rio de Janeiro. Fica aí também um alerta.
(Agradeço a dica ao amigo Henrique Mieza Babuena, do ICMBio – DF)

Mapa apresenta lista das espécies ameaçadas registradas dentro de UC

Está disponível no site do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), um mapa que permite visualizar, via Google Earth, a lista das espécies ameaçadas com registro de ocorrência em unidades de conservação (UC) federais.

Esta ferramenta permitirá que o usuário selecione uma unidade de conservação e conheça todas as espécies da fauna ameaçadas de extinção, além de saber mais informações sobre o animal.

A iniciativa é um passo importante para divulgar a importância das unidades de conservação para a proteção das espécies. E apresenta em um novo formato as informações contidas no Atlas da Fauna Ameaçada de Extinção em Unidades de Conservação federais lançado pelo ICMBio em abril de 2011.

“Esta primeira edição do Atlas identificou que 50% das espécies da fauna ameaçadas de extinção ocorrem em Unidades de Conservação federais”, informa o Coordenador-Geral de Manejo para Conservação, do ICMBio, Ugo Vercillo. A segunda edição do Atlas está em elaboração, com lançamento previsto para o aniversário de 5 anos do ICMBio. “Também solicitamos a todos os servidores do Instituto e pesquisadores, que contribuam com informações inéditas”, destaca Ugo.

Informações e contribuições podem ser enviadas para o e-mail coapro@icmbio.gov.br, para serem analisadas pela Coordenação de Análise e Prognóstico de Risco à Biodiversidade (COAPRO), da Diretoria de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade (DIBIO), do ICMBio.

Para acessar o mapa, clique aqui.

LEIA A ÍNTEGRA NO SITE DO ICMBio

Deixe um comentário

Como utilizar fotos do FLICKR no FACEBOOK e outros sites

A Fundação Matutu disponibiliza seu acervo fotográfico para ser publicado em outros blogs, sites pessoais, institucionais e na imprensa em geral. O passo a passo que apresentamos objetiva facilitar a obtenção e utilização das imagens:

Primeiramente é importante lembrar e compreender que nossas fotos são armazenadas na plataforma do FLICKR. A partir da qual poderão ser compartilhadas da seguinte forma:

A)
Acesse a página da Fundação Matutu no FLICKR, no endereço http://www.flickr.com/photos/fundacao_matutupara escolher a foto que deseja utlizar. Ao acessar nossa página no FLickr, você verá uma página parecida com essa: (Observe que você poderá escolher diretamente na galeria de imagens ou a partir dos Álbuns, à direita da página. Para este tutorial vamos escolher a primeira imagem da galeria apresentada na página.)

Acesse esta página para escolher a foto que deseja compartilhar

B)
…Clicando sobre a foto desejada  veremos o seguinte:

Está é a visão da foto que escolhemos para compartilhar.

C)
…Compartilhando a imagem, por e-mail, com uma página do FACEBOOK , no Twitter ou em outros sites

Botões para compartilhamento de imagens a partir do FLICKR

Observe: no canto superior esquerdo, sobre a foto escolhida estão localizados alguns botões, vamos conhecê-los:

Botões

  • E-mail  – Clicando sobre o ícone de e-mail (envelope fechado) você poderá enviar a imagem escolhida para um endereço de e-mail personalizando uma mensagem a partir da janela que se abrirá, conforme ilustração abaixo (preencha os campos e envie):

    Janela para envio de e-mail com mensagem personalizada

  • O segundo botão é para compartilhamento no Facebook, contém a letra “f” sobre um fundo azul. Ao clicar sobre ele, será aberta a seguinte janela:
    Caso você não esteja “logado” no Facebook aparecerá esta janela pedindo que preencha com seu e-mail e senha, pois, é necessário fazer o login no Facebook para compartilhar a foto

    Login para o facebook

    A partir do momento que estiver “logado” ao site do Facebook se abrirá uma nova janela parecida com esta:

    compartilhando no facebook

    Aqui você poderá escolher se deseja compartilhar em sua página do facebook ou em algum grupo, dentro do Facebook, do qual faça parte. Poderá ainda digitar uma mensagem no campo de formulário acima da foto. Ao clicar no botão “compartilhar”, a imagem será publicada automaticamente com seu perfil no Facebook.

  • Clicando no próximo botão (TWITTER) você irá compartilhar a imagem e a notícia como um Twett, ou seja, como uma mensagem-link do twitter. É um processo simples, uma nova janela se abrirá, e bastará voce se “logar” no twitter para executar a tarefa de publicar em apenas dois cliques.
  • O botão “Compartilhar” permite a você: 1- obter o endereço (URL) da imagem para publicá-la em suas páginas de site na internet; 2- obter os códigos HTML e/ou o BBCode, códigos prontos para apresentar as imagens em seu site. Veja as imagens:
    1- Obtendo o endereço da imagem (URL) – Basta copiar e colá-lo em suas páginas

    obtendo o endereço da imagem

    2-Obtendo os códigos HTML ou BBCode – Basta copiar e colá-lo(s) em suas páginas. Voce pode optar por tamanhos diferenciados para apresentar a imagem e pelo tipo de código.

    Obtendo o HTML ou BBCode

    Espero que estas dicas tenham ajudado. Se precisar de mais informações e esclarecimentos, envie um e-mail com sua questão para
    ascom@matutu.org

, ,

Deixe um comentário

Reunião de Assembléia do CER-Serra do Papagaio, em Baependi

Da esquerda para a direita: Maria Dorotéa, Diretora Executiva da Fundação Matutu, Juliano Diniz Oliveira, Diretor Executivo do CER, Sebastião Mendes Pinto Neto, Prefeito de Alagoa, Marcos Tridon, Presidente do CER e Prefeito de Itamonte, Guilherme de Melo França, Presidente da Fundação Matutu, Paulo Roberto Senador, Prefeito de Aiuruoca, Javan Senador, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental de Aiuruoca, Efrain Lemos, Prefeito de Baependi e José Geraldo Paiva, Secretário Geral da Prefeitura de Baependi.

Dia 09 de janeiro, segunda-feira, aconteceu em Baependi, na Casa da Cultura, a primeira reunião de prefeitos consorciados e representantes da Fundação Matutu, após a assinatura do convênio firmado entre a Fundação Matutu e a SEMAD/MG, que prevê a implantação do Núcleo de Apoio ao CER-Serra do Papagaio.

A reunião teve como foco o repasse das metas e obrigações constantes no convênio, o levantamento e definição  de estratégias para início dos trabalhos, destacando os encontros previstos para apresentação e discussão da proposta de redesenho dos limites do Parque Estadual da Serra do Papagaio – PESP.

Os prefeitos e técnicos representantes dos municípios consorciados demonstram o seu empenho para realização do trabalho, reconhecendo o benefício que será proporcionado aos proprietários cujas terras fazem limite com o Parque.

O prefeito de Itamonte e presidente do CER, Marcos Tridon, salientou a necessidade do apoio mútuo entre as prefeituras e comunidades para agilizar o processo de mobilização dos  proprietários de terras para os encontros agendados para janeiro e fevereiro, nos municípios envolvidos, quando será a apresentada e debatida a proposta do Governo.

Sebastião Mendes, prefeito de Alagoa, assim como os  prefeitos de Baependi e Aiuruoca, Efrain Lemos e Paulo Senador, manifestaram sua confiança no trabalho e disposição de continuar contribuindo com o CER, para ampliar a gestão compartilhada, promover o ecodesenvolvimento e a preservação ambiental. O Diretor Executivo do CER, Juliano Diniz, confirmou sua atuação no CER até final deste ano, demonstrando clareza e conhecimento sobre a tarefa que tem pela frente.

O prefeito de Pouso Alto, Vicente Wagner Guimarães Pereira, em viagem a Belo Horizonte, não pode comparecer e pediu ao Guilherme França que transmitisse seu pesar e sua vontade de estar presente, além de representá-lo na Assembléia.

Da esquerda para a direita: Clarice Lantelme, gerente do PESP, Catarina e Andressa da Prefeitura de Itamonte

Prefeito de Alagoa, Sebastião Mendes: Confiança no trabalho e força de vontade para apoiar as ações do CER

Para ver mais fotos deste evento, clique aqui

Deixe um comentário

Projeto da Fundação Matutu com o Funbio em parceria com o IEF foi aprovado

Da esquerda para a direita: Sálmonton Joabi dos Santos, Gilmar Fernandes da Silva, José Alves de Lima Neto (Neném), Denildo Tadeu dos santos (dáda), Guilherme de Melo França, Paulo Marchesan, Denilda Pereira dos Santos, Maria Dorotéa Naddeo, Clarice Lantelme

No dia 9 deste, em Baependi, na Casa da Cultura. A Gerente do Parque Estadual da Serra do Papagaio- PESP, coordenadora do projeto, em parceria com a Fundação Matutu, apresentou, em linhas gerais, a brigadistas e líderes das comunidades, as metas e objetivos do Projeto que tem como objetivo principal estruturar bases anti-incêndios nas comunidades dos munícipios vizinhos do Parque. Os municípios envolvidos pelo projeto são Aiuruoca, Alagoa, Baependi e Pouso Alto, onde serão estruturadas bases de combate, educação e prevenção de incêndios florestais e Itamonte que contará com ações educativas. Clarice salientou que muitas dessas bases já existem, precisam apenas ser estruturadas com novos equipamentos de proteção individual (EPI), de locomoção e comunicação.

O projeto, previsto para ser concretizado em três anos, contempla inclusive a aquisição de motocicletas. Além disso, conta com uma proposta de educação ambiental para esclarecer mais ainda a população sobre o perigo e os desastres causados pelo fogo.

Lantelme garante que esta foi apenas a primeira de muitas reuniões, onde ela acredita que estarão presentes, cada vez mais, representantes das comunidades e das brigadas que vivem e protegem a nossa Serra.

Deixe um comentário

Intertexto- Livro atividade da Escola Municipal Arcanjo Miguel

A fundação Matutu, apoia a Escola Municipal Arcanjo Miguel e publica on-line o livro Intertexto, escrito pelos alunos do 4º e 5º anos, como atividade para desenvolvimento do repertório da escrita. Para ler o livro, clique na imagem ou neste link

2 Comentários

%d blogueiros gostam disto: